MINHA FAMÍLIA

MINHA FAMÍLIA
Agradeço sua visita!
Neste espaço vou compartilhar com você um pouco do que tenho recebido de DEUS, que sempre nos dá muito mais do que merecemos.
Desde já agradeço a reflexão de seu comentário.

quarta-feira, 2 de junho de 2010

O CAMINHO A JESUS PASSA PELA CRUZ


O CAMINHO A JESUS PASSA PELA CRUZ

Mateus 16.24 - "Então, disse Jesus a seus discípulos: se alguém quer vir após mim, a si mesmo se negue, tome a sua cruz e siga-me."

INTRODUÇÃO

Se você fosse morrer hoje á noite, o que poderia dizer à Deus pra convencê-lo a te deixar entrar no céu? O apóstolo Paulo sempre deixou claro que até mesmo as pessoas que se pensam religiosas não tem garantia de vida eterna se não tiverem um relacionamento de confiança com Cristo Jesus.

A confiança nesta vida e na vida eterna é fruto da morte e ressurreição de Jesus, aceita declarada e defendida como forma de vida, como princípio fundamental da fé, como elemento condutor da religiosidade e da espiritualidade.

1. NEGUE-SE A SI MESM0

A vida cristã tem inicio com esse ato:

· Negar-se a si mesmo significa renunciar, repudiar à própria bondade, cessar de confiar em quaisquer de nossas obras para recomendar-nos a Deus. Isto quer dizer uma aceitação irrestrita do veredicto divino de que todos os nossos melhores feitos são como “trapos de imundícia” (Is. 64.6)

· Negar a si mesmo significa renunciar de todo a própria sabedoria. Quando o Espírito Santo aplica o evangelho com poder em uma alma, Ele o faz para destruir fortaleza, anulando sofismas e toda altivez que se levante contra o conhecimento de Deus, e leva cativo todo pensamento a obediência a Cristo (1 Co 10.4,5).

· Negar-se a si mesmo significa renunciar as próprias forças. Isto quer dizer não ter qualquer confiança na carne ou em si mesmo diante de Deus. Toda a nossa força para Deus é nada se não for movido pela presença de Cristo. “Sem mim nada podeis fazer” disse Jesus (João 15.5).

· Negar-se a si mesmo significa renunciar de todo a própria vontade. Normalmente a linguagem daqueles que não querem compromisso com Deus é uma repetição do que diziam os fariseus do tempo de Jesus: “Não queremos que este reine sobre nós” (Lc 19.14).

· Negar-se a si mesmo significa renunciar as próprias concupiscências ou desejos carnais. Thomas Manton disse: “O ego de um homem é um pacote de ídolos”, e esses ídolos têm de ser repudiados. A respeito dos descrentes a Bíblia afirma que: “todos eles buscam o que é seu próprio, não o que é de Cristo Jesus (2 Tm 3.2).

2. TOME A SUA (PRÓPRIA) CRUZ

A Cruz de Jesus foi e continua sendo única. Refiro-me não a cruz como objeto de fé ou amuleto da sorte, mas como uma experiência da alma.

As virtudes experimentais da cruz de cristo são apenas quando somos conformados de modo prático “com Ele na sua morte”.

Não nos enganemos nesse ponto Jesus disse: “qualquer que não tomar a sua cruz e vier após mim não pode ser meu discípulo” (Lc 14.27).

Por isso o verdadeiro cristão é primeiramente alguém que tomou sobre si o jugo de Cristo. Tomar a cruz significa que:

· É somente quando aplicamos a cruz e regulamos o nosso comportamento pelos princípios dela, que a cruz se torna eficaz sobre o poder do pecado que habita em nós.

· Precisamos reconhecer que ela é a insígnia, a evidência do discipulado cristão. É a cruz de Cristo e não o credo dEle que faz a distinção entre um verdadeiro seguidor de Jesus e nos religiosos mundanos.

· A cruz significa uma vida de sujeição voluntária a Deus. A atitude de Jesus, a sua morte foi um sacrifício espontâneo, uma oferta de si mesmo a Deus.

· Como instrumento de mediação, a cruz de Cristo permanece única (nunca mais haverá igual)

3. SIGA A JESUS

A graça não somente é a fonte de perdão, mas também a força que rompe o poder do domínio do pecado, mas nem todos a querem pra si. Segue-me segundo Jesus, é um desfio que surge como resultado do negar-se a si mesmo e tomar a sua cruz.

· O céu tem muitas almas que a igreja ainda não tem: pessoas que hão de ouvir essas palavras de Jesus, negarão a si mesmos, tomarão sua cruz e o seguirão.

· A igreja tem muitas almas que o céu não tem: que são aquelas pessoas que um dia (disseram que negavam a si mesmas, mostraram disposição em seguir á Jesus, mas por algum outro interesse, desistiram no meio do caminho e o abandonaram, resolvendo não mais segui-lo preferindo ficar sintonizados “no pecado e morte”, longe dos irmãos, longe da igreja e enfim, longe de Deus, para sua própria perdição, a exemplo de Judas e tantos outros personagens que a Bíblia descreve que agiram assim.

CONCLUSÃO

· Negar-se a si mesmo não significa negar coisas materiais, mas sim se entregar inteiramente a Cristo e compartilhar de sua humilhação e morte.

· Tomar a cruz não significa carregar fardos ou ter problemas.

· Tomar a cruz significa identificar-se com Cristo em sua rejeição, vergonha, sofrimento e morte.

PR. ALBERTO MACIEL CARNEIRO

Nenhum comentário:

Postar um comentário